Assad e seus aliados

O jornal libanês (editado em inglês) The Daily Star relata que “o aguerrido presidente Bashar Assad viajou a Moscou, em sua primeira viagem a exterior desde que o conflito eclodiu em seu país em 2011, para manter conversações importantes com o presidente Vladimir Putin”. A última viagem ao exterior de Assad foi em 2008, também a Moscou.

Qual o significado desta visita? Assad foi agradecer a Putin pelo lançamento de uma campanha de ataques aéreos na Síria, contra os verdadeiros terroristas que assolam terras sírias e iraquianas. O chamado Estado Islâmico é uma organização terrorista e só não entendem esta verdade os Estados Unidos e seus asseclas estrangeiros e árabes que ajudam direta ou indiretamente toda a gama de terroristas que pretendem tomar o poder de Assad, eleito democraticamente pelo povo sírio.

Os dois líderes, reunidos no Kremlin, concordaram que as operações militares serão seguidas por medidas políticas. Compare-se esta atitude com aquela que propõem os Estados Unidos – que se dizem defensores da democracia, ignoram eleições livres e internacionalmente supervisionadas, para apoiar mercenários e vendilhões da pátria que querem ganhar o poder no tapetão sangrento e desumano.

A Rússia surpreendeu principalmente a Estados Unidos e Israel, entre outros, com o tipo de armas que está usando para combater os verdadeiros terroristas que atuam na Síria: Estado Islâmico e outros. O poderio russo demonstrado foi tão comprovadamente eficiente que Estados Unidos e Israel correram para fazer acordos com a Rússia, para que seus aviões não entrassem em batalha contra os rssos. A Rússia disse que está combatendo os terroristas e que se os demais temiam a sua força empregada que se afastassem dos campos de batalha.

Tanto isto é verdade que segundo notícias recebidas do Líbano dão conta de que os aviões de guerra israelenses deixaram de efetuar seus voos provocadores sobre território libanês.

O Irã, um aliado-chave da Síria enviou centenas de tropas para lutar ao lado das forças legais sírias, comandadas por Assad.

O Hizbullah ocupa uma larga faixa dentro da fronteira síria a leste do Líbano, mantendo o território sírio contíguo ao território libanês sob domínio do governo legal da Síria.

Os aliados da Síria legal são poucos, mas valorosos e poderosos: eles têm a legalidade e a justiça a seu lado.

José Farhat

21/10/2015

Anúncios

Sobre José FARHAT

Formado em Ciências Políticas (USJ-Beirute) e Propaganda e Marketing (ESPM-São Paulo), tem cursos de extensão ou pós-graduação em: Comércio Exterior (FGV-São Paulo), Introdução à Teoria Política (PUC-São Paulo), Direito Internacional (PUC-SP) e cursou Filosofia no Collège Patriarcal Grec-Catholique (CPGC-Beirute). Domina os idiomas: Árabe, Francês, Inglês e Português e tem artigos publicados sobre Política Internacional, no Brasil e no Líbano. É ex-Diretor Executivo e atual Conselheiro do Conselho Superior de Administração da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira; foi Superintendente de Relações Internacionais da Federação do Comércio do Estado de São Paulo e é seu atual membro do Conselho de Comércio Exterior e atual Diretor do Centro do Comércio do Estado de São Paulo. É ex-Presidente e atual Diretor de Relações Internacionais do Instituto da Cultura Árabe.
Esse post foi publicado em Assuntos sírios. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Assad e seus aliados

  1. Carlos Celso de Melo Braga disse:

    O José Farhat, entendo a sua parcialidade, é compreensível mas dai a dizer que o governo do ASSAD é eleito democraticamente pelo povo Sírio, das duas uma ou você teve erro grasso de digitação ou está escrevendo para agradar ou a mando de alguém. Desculpa mas é a minha avaliação sobre este seu arrazoado sobre a Síria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s